hexagonal-5arodada-usc-campeao-25-11
Uberaba Sport Club, campeão (tricampeão) do Juvenil
 
hexagonal-5arodada-atletico-vicecampeao-25-11
Atlético fica com o segundo lugar, atrás do USC no saldo de gols
 
O título do Juvenil é do Uberaba Sport. Na quinta e última rodada do hexagonal final, na tarde deste sábado, o Colorado goleou a Água Compridense por 4 x 1 e ficou com o primeiro lugar, sagrando-se tricampeão.

O Atlético, que derrotou o Fabrício por 2 x 1, é o vice-campeão, com a mesma pontuação do USC, ficando atrás no saldo de gols. O time fabriciano, que chegou à última rodada na ponta da tabela, acabou na terceira colocação.
 
Os jogos
Fabrício, Uberaba e Atlético chegaram à rodada decisiva com 8 pontos cada. O USC fez a parte dele e conquistou o título em casa. No CT Colorado, o Zebu ganhou do Peixe por 4 x 1 e assumiu a primeira posição. Os tentos alvirrubros foram de Claiton e João Lucas, cada um marcando dois. Lorinaldo descontou pra Água.

No Antônio Próspero, confronto direto entre Atlético e Fabrício. A equipe visitante saiu na frente, com Iego. O Tricolor empatou ainda no primeiro tempo, com Geovanni. E, no começo da segunda etapa, Marco Túlio fez o gol que daria a prata para o Galo. A partida foi quente, com direito a confusão. No fim, mesmo sabendo que o USC ia goleando e não dava pra ficar com o título, os atleticanos comemoraram a vitória que valeu o vice.

O outro jogo da rodada, que não valia nada, não aconteceu. O Vila Nova apareceu com meia dúzia de gatos pingados e o Independente venceu por W.O. Até a semana passada, o IAC tinha chances matemáticas de ficar com o vice, mas, depois de perder três pontos por escalar atleta irregular (três cartões amarelos), saiu da disputa e ia só cumprir tabela.
 
Classificação
O campeão Uberaba, invicto no hexagonal, termina com 11 pontos e saldo de seis gols (marcou doze, levou seis). O Galo, também invicto na fase final, fica em segundo lugar, também com 11 pontos, mas quatro gols de saldo (fez nove, tomou cinco).

O Fabrício perde a invencibilidade no hexagonal e cai pro terceiro lugar, com 8 pontos. A equipe grená ainda lamenta o empate cedido no fim ao IAC, na rodada passada.

Uma curiosidade é que, se tivesse vencido o Atlético por 1 x 0, o Fabrício empataria com o Uberaba em todos os critérios no hexagonal.

O Independente fica com 5 pontos; a Água Compridense se despede com 3; e o Vila Nova segura a lanterna com zero ponto nessa etapa.
 
De eliminado precocemente a tricampeão
O Colorado conquista o título após uma reviravolta na primeira fase. O USC chegou a amargar uma eliminação precoce ainda na primeira etapa da competição. Porém, a desclassificação foi por pouco tempo. A saída prematura não se concretizou porque o Pinheiros perdeu seis pontos no Tribunal (por escalar mais de cinco jogadores de fora) e o Zebu voltou ao páreo.

O clube alvirrubro ainda agradece ao rival Nacional, que na última rodada da primeira fase, com o Uberaba de folga, empatou com o Pinheiros (que, mesmo com a punição do TJD, se vencesse o já classificado Naça, avançaria e deixaria o USC de fora).

Depois, o Colorado deslanchou. Não perdeu mais nenhum jogo. Na segunda fase, “mui amigo”, eliminou o Nacional, e, no hexagonal, arrancou para o tri.
 
Confira aqui a tabela completa do Juvenil.
 
Premiações
Como o Juvenil não teve final, a premiação aos campeões e vices foi combinada para domingo, no Uberabão, antes do jogo de ida da final do Amadorão, entre Bonsucesso e Barcelona.

O goleiro menos vazado do Juvenil é Caio, do Uberaba. O artilheiro é Igor, do Vila Nova, que fez 15 gols.
 
A rodada
Uberaba 4 x 1 Água Compridense
Atlético 2 x 1 Fabrício
Independente W x O Vila Nova

Busca 

Parceiros 

anuncie

boxe minuto

boxe elo-engenharia

boxe gole

boxe bifao

boxe disk-canecas

Scroll to top