final-volta-iac-campeao-12-08-2018
Galera do IAC comemora com o troféu de campeão
 
Independente campeão! O título do Pré-Mirim é do IAC. No jogo de volta da final, neste domingo, no Uberabão, o clube celeste derrotou o Uberaba Sport por 3 x 1, findou a invencibilidade do Colorado e faturou o caneco de primeirão.
 
A finalíssima foi um jogão de bola, com muita festa e barulho nas arquibancadas. Pelo que as duas equipes apresentaram em todo o campeonato, o título ficaria em boas mãos seja lá quem ganhasse. Os dois times merecem os parabéns.
 
final-volta-usc-vice-12-08-2018
USC fica com o vice
 
O jogo
O primeiro confronto da decisão tinha ficado 2 x 2. O Uberaba jogava por mais um empate para ser campeão. Mas não quis saber de atuar com o regulamento debaixo do braço. Partiu pra cima e foi melhor no primeiro tempo, tendo mais chances que o rival. Porém, não marcou.
 
No fim da etapa, o Independente teve um escanteio para cobrar. Era tudo que a equipe azul queria. Dudu bateu e no meio do bolo na área Maykon desviou pra dentro: 1 x 0, aos 28 minutos – portanto, a dois minutos do término do tempo regulamentar da categoria.
 
A etapa complementar começa alucinante, com dois gols em menos de um minuto. Aos 15 segundos, Maykon ganha um presente no meio e toca por cobertura, fazendo 2 x 0. Na saída de bola, João Pedro invade a área pela esquerda e chuta, Lucas defende parcialmente e Joãozinho marca no rebote: 2 x 1, aos 58 segundos.
 
A partida fica eletrizante. O Colorado vai com tudo pro ataque, o IAC responde nos contragolpes. O USC pressiona até o fim, mas não consegue o empate. Exposto, o Zebu ainda sofre o golpe final nos acréscimos. Numa escapada, Danilo recebe sozinho antes do meio, avança, se livra do goleiro e manda pro fundo das redes: 3 x 1, aos 31 minutos, e fim de papo.
 
final-volta-artilheiro-goleiro-12-08-2018
Joãozinho, o artilheiro, e Hélio, o goleiro menos vazado
 
Premiações
Muita festa com a entrega das medalhas de campeões e vices. O capitão alvirrubro, Gustavo, recebeu o troféu de segundo lugar. O goleiro Lucas, capitão celeste, ergueu a taça de campeão.
 
O Uberaba teve o goleiro menos vazado da competição, Hélio, que sofreu seis gols em oito jogos, e o artilheiro, Joãozinho, que fez 28 gols.

Parceiros 

anuncie boxe

lsguarato

river

golerefrigerantes

boibao

sorriso

acquatica

zem

burn

itaipava

Scroll to top