basquete-garbin-olympico-05-02-2018
Após trabalho na Primeiro Passo de Uberaba, Garbin é contratado pelo Olympico
 
O técnico de basquete Fernando Garbin deixou Uberaba para encarar um novo desafio. Ele assumiu o comando das categorias sub-11 e sub-15 do Olympico de Belo Horizonte, um dos grandes clubes do Brasil, referência em diversas modalidades.
 
Garbin foi aprovado em um processo seletivo no mês passado e já está trabalhando na capital. “Foi um amigo meu que me falou desse processo seletivo, me inscrevi e fiz a entrevista em janeiro, com outros seis concorrentes”, conta o técnico, que vinha “namorando” o Olympico desde 2016, quando disputou o Estadual sub-17 com o time do Uirapuru de Uberaba.
 
“O pessoal gostou do trabalho naquela ocasião e vínhamos mantendo contato. É uma grande conquista pra mim, o Olympico é um dos cinco principais clubes de Minas no basquete”, assinala.
 
O trabalho na nova casa já começou. Após uma “peneira”, iniciaram os treinamentos, que serão intensificados após o Carnaval, com as turmas completas. “O sub-11 é a escolinha, e o sub-15 já é uma equipe de competição. No ano passado, disputou o Brasileiro da categoria e ficou em 6º lugar entre 24 participantes”, afirma o técnico de 27 anos, que se graduou em Educação Física pela UFTM no ano passado.
 
Natural de São Caetano do Sul-SP, Garbin é atleta da modalidade há 17 anos e iniciou a carreira de treinador em 2013, na Smel (hoje Funel), tendo trabalhado desde então com equipes de base e universitárias. Em 2016, foi um dos criadores da Associação Primeiro Passo de Basquete. “Essa vitória é deles também, da Camilinha, do Pedro Macari, dos fundadores da APPB, e de todos os atletas. Uberaba foi uma grande escola pra mim”, conclui.
 
Fotos: acervo pessoal

Parceiros 

anuncie boxe

lsguarato

river

golerefrigerantes

emporio

sue

boibao

burn

itaipava

Scroll to top