adefu-atletismo-circuitonacional-batata-05-06-2018
Batata fatura duas medalhas: ouro no dardo (na foto, com o técnico Higor)
e prata no disco (na foto, com o estafe Célio)
 
Atletas da Adefu (Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba) comemoram bons resultados obtidos na primeira etapa do Circuito Nacional de Paratletismo, realizado no último fim de semana (sábado e domingo, dias 2 e 3) em São Paulo-SP.
 
José Humberto Rodrigues, o Batata, da classe F54, ganhou duas medalhas: ouro no lançamento de dardo, com a marca de 25,53m, e ainda a prata no lançamento de disco (prova em que houve junção com a classe F55), com 23,31m.
 
Raissa Rocha Machado, classe F56, foi campeã no dardo, com quebra de recorde das Américas: 21,58m. Ela ainda disputou o disco, modalidade em que não é especialista, em prova com junção com a classe F57, e ficou em terceiro lugar, com 19,94m – mas não levou medalha por causa da “regra menos um” (aplicada em provas com poucos participantes; por exemplo, se há três participantes, são premiados dois).
 
Poliana Sousa, classe F54, foi ouro no dardo, com lançamento de 13,30m; e Kenned Justino, classe F56, foi terceiro colocado no dardo (disputado com junção com F57), com 33,90m, mas sem medalha por causa da “regra menos um”.
 
A Adefu foi representada ainda pelo técnico Higor Fiorine e pelo estafe Célio Tavares. A primeira etapa do Circuito Nacional teve mais de 280 atletas.
 
adefu-atletismo-circuitonacional-raissa-05-06-2018
Raissa: recorde no dardo e "nova paixão" pelo disco
 
Recorde
Raissa Machado, que está morando e treinando em São Paulo, com o time do Comitê Paralímpico Brasileiro, festeja o novo recorde das Américas no dardo.
 
“Não esperava a quebra do recorde, foi uma surpresa, mas acho que quando treinamos duro e corremos atrás dos nossos objetivos e sonhos, sempre tem surpresas boas pelo caminho”, comenta.
 
A atleta agora vai se dedicar também ao lançamento de disco. “O disco eu considero uma nova paixão, vou começar a me dedicar a ele também, porque hoje sei que nasci para ser lançadora”.
 
Raissa aproveita para agradecer, celebrando o bom momento que tem vivido. “Quero agradecer muito a Deus por abrir portas para mim e fazer eu me surpreender comigo mesmo. Agradeço à Adefu, por ter acreditado todo esse tempo no meu talento; ao Comitê Paralímpico por sempre me proporcionar oportunidade; ao patrocinador Loterias Caixa por deixar eu fazer parte desse time massa; aos meus treinadores Higor e João Paulo; e à minha família e meus amigos, que mesmo de longe estão sempre me mandando energia positivas”.
 
Fotos: acervo pessoal

Parceiros 

anuncie boxe

lsguarato

river

golerefrigerantes

emporio

sue

boibao

burn

itaipava

Scroll to top