Uberaba recebe no próximo fim de semana a terceira e última etapa da primeira fase, a classificatória, da Liga do Triângulo e Alto Paranaíba de Handebol. Os jogos acontecem no sábado e domingo, dias 22 e 23, no CIE (Centro de Iniciação ao Esporte).
 
A competição reúne oito cidades da região – Uberaba, Uberlândia, Ituiutaba, Itapagipe, Frutal, Araxá, Serra do Salitre e Patos – em cinco categorias: infantil (sub-14), cadete (sub-16), juvenil (sub-18), junior (sub-21) e adulto (a partir de 16 anos). No junior, a disputa é no masculino, e nas demais, no masculino e feminino.
 
A primeira etapa foi em Uberlândia e a segunda em Uberaba, no Cemea Abadia. Ao fim da primeira fase, os quatro melhores de cada categoria classificam-se às semifinais, que Uberaba sediará, com as finais, nos dias 8 e 9 de dezembro.
 
Na última jornada, a dona da casa, a Funel/Acevale, jogará em todas as categorias no masculino, e no cadete e juvenil no feminino. Também estarão em Uberaba mais oito equipes de outros cinco municípios: a CDHU/Futel de Uberlândia; a AFESC de Frutal; Araxá Esporte Clube (AEC) e Omegah de Araxá; Patos Handebol, de Patos de Minas; Ituiutaba Clube, Ginásio Romão de Ituiutaba e Nova Geração também de Ituiutaba.
 
handebol-ligatriangulo-feminino-cadete-19-09-2018
Cadete feminino lidera a categoria
 
A cada etapa, varia o número de equipes e cidades participantes. Os times presentes nas três etapas dobram sua pontuação na primeira fase. Isso acontecerá com o juvenil, junior e adulto masculino e com o cadete feminino de Uberaba.
 
Só podem compor as equipes do torneio atletas nascidos ou que comprovem moradia na cidade que defendem. “Não pode reforço de atletas de outras cidades, com isso o nível técnico fica equilibrado”, comenta o técnico do handebol masculino de Uberaba, Karel Avelar.
 
No ano passado, Uberaba foi campeão da Liga no masculino no infantil, juvenil, junior e adulto; e, no feminino, o infantil e o cadete foram vice, e o juvenil, campeão.
 
Um por um: masculino
No infantil, com poucos times, essa será a única etapa da primeira fase. Funel, AFESC e CDHU jogam entre si e todos passarão às finais. O primeiro colocado vai direto à final, e o segundo e o terceiro disputam uma semifinal.
 
No cadete, as cinco equipes estarão em Uberaba. São elas, pela ordem de classificação: AEC, Nova Geração, AFESC, Omegah e Funel. O time uberabense não tem chances nessa categoria.
 
No juvenil, jogarão Nova Geração, Funel, AFESC, Omegah e AEC. Outro time que participou da categoria, o UHC de Serra do Salitre, falta nessa etapa.
 
Já no junior, como no cadete, estarão presentes todos os integrantes – pela ordem, CDHU, AFESC, Nova Geração, Funel e AEC.
 
Por fim, no adulto, a última etapa terá Omegah, Funel, Nova Geração e CDHU. A categoria teve ainda, em outras etapas, três equipes da UFU/Uberlândia e ainda AEC e AFESC.
 
“Vamos classificar em todas categorias, menos na cadete, na qual estamos em quinto lugar e as outras quatro equipes são muito fortes e não vamos dobrar os pontos”, diz Karel. A Funel ocupa a segunda posição no juvenil, quarta no junior e terceira no adulto.
 
handebol-ligatriangulo-masculino-juvenil-19-09-2018
No masculino, melhor campanha é do juvenil, campeão no ano passado
 
Um por um: feminino
O infantil feminino não terá essa etapa. São só três times na categoria, Funel, Ituiutaba e Itapagipe, e um deles estará ausente – Itapagipe, que vai poupar as atletas para disputar na próxima semana o Brasileiro Escolar. Como é preciso no mínimo três equipes para ter uma etapa, essa não vai acontecer. Como no masculino, os três times qualificam-se para as finais. Uberaba, primeira colocada, está na final, aguardando o vencedor de Ituiutaba x Itapagipe na semifinal.
 
No cadete, a etapa terá três participantes: Funel, CDHU e Ituiutaba. Não vêm AEC e Itapagipe.
 
No juvenil, serão quatro times: CDHU, Ituiutaba e duas que entraram nessa etapa, Funel e AEC. Já Itapagipe fica fora.
 
Cinco disputarão a última etapa do adulto: Ituiutaba, AEC, Ginásio Romão, AFESC e Patos. Presentes em outras etapas, não jogarão nessa as três equipes da UFU/Uberlândia e a Funel, segunda colocada na tabela.
 
O técnico das equipes femininas de Uberaba, Renato Bezerra, explica que o time adulto não estará na terceira etapa por passar por dificuldades.
 
“Optamos por jogar nas etapas anteriores com as equipes infantil, cadete e adulto. No juvenil não participamos porque a base é cadete e as juvenis estão jogando no adulto. Nesta etapa, como as meninas que jogam no adulto estão com dificuldade de treinar e não temos dinheiro para custear todas as categorias, optei em retirar o adulto e abrir mão da classificação. Treinamos no Corina e como está tendo muitas reposições de aula, ficamos alguns dias sem treinar. Agora conseguimos um horário no Cemea Boa Vista, mas as despesas de competições são custeadas todas pelas alunas”, pontua o treinador.
 
O infantil e o cadete de Uberaba lideram a classificação e o juvenil, que entra na última etapa com o AEC, disputa com o time de Araxá uma vaga.
 
Fotos: divulgação / arquivo

Parceiros 

anuncie boxe

lsguarato

river

golerefrigerantes

emporio

sue

boibao

burn

itaipava

Scroll to top