Mais um ano sem futebol no Nacional Futebol Clube. Pelo menos futebol profissional, campeonatos oficiais. Nada de novidade pra torcida: o Naça vai mais uma vez ficar fora da Terceirona do Mineiro.

O arbitral da competição aconteceu nesta terça-feira, na sede da Federação Mineira. O torneio terá apenas nove equipes.

Já se sabia que o Nacional não participaria, afinal, a agremiação não enviou à FMF a documentação necessária manifestando interesse. Dias depois do prazo para mandar a papelada, o presidente do clube, Márcio José da Silva, havia dito ao UP/REPLAY, por telefone, que, sim, o Elefante tinha pelo menos cumprido o protocolo e reservado sua vaga, apesar de afirmar ser “muito difícil” o time disputar, por falta de verbas. Depois, porém, Márcio “mudou de ideia” e admitiu que documento nenhum tinha sido enviado.

“A gente ia mandar os documentos, sim, mas depois que falei com você, a diretoria me convenceu que não adiantava, porque sabíamos que não íamos entrar mesmo. Não tem jeito, não temos recursos”, declarou Márcio, dessa vez pessoalmente, no último sábado, enquanto acompanhava o jogo do Naça pelo Campeonato Junior da Liga local. De fato, no edital de convocação para o arbitral, publicado no último dia 5, não constava o nome do Alvinegro da Rodovia.
 
Futebol no Nacional, então, só nas categorias de base mesmo. Além das competições da Liga, Márcio afirma que a equipe deve entrar novamente do Regional sub-20, no qual foi vice-campeã no ano passado.

E o tão valorizado patrimônio do clube? Não há como explorar e, assim, levantar verba? Nem nesse ponto há perspectivas. “Estamos tentando parcerias, mas está muito difícil, não só em Uberaba, mas no Brasil todo”, respondeu o presidente, e ficou por aí.
 
Três meses
A Terceirona do Mineiro começa no dia 29 de julho e termina em 29 de outubro. Serão três meses de disputa, com 18 datas.

Dos onze clubes convocados, dois desistiram: Cassimiro de Abreu, de Monte Claros; e Figueirense de São João Del-Rei. O Atlético Mineiro participará com o chamado “time B”, com atletas sub-23 – a competição terá esse formato, com cada equipe podendo ter no máximo cinco atletas acima dessa idade.

O certame terá só uma fase: os nove times jogam entre si, em turno e returno, pontos corridos, e os dois melhores, campeão e vice, sobem para o Módulo II.
 
As 11 equipes da Terceirona são: Atlético B, Betis (de Ouro Branco), Coimbra, Democrata de Sete Lagoas, Inter de Minas (de Uberlândia), Ipatinga, Poços de Caldas, Ponte Nova e União Luziense (Santa Luzia).

Busca 

Parceiros 

boxe cidaderural

anuncie

uberabapopular

boxe facil

boxe uniarte

boxe disk-canecas

Scroll to top