netopajolla-23-11
Técnico Neto Pajolla trabalha na montagem do elenco
 
O Uberaba Sport Club anunciou as primeiras contratações para o Mineiro Módulo II de 2018. Enquanto trabalha na montagem do elenco alvirrubro, o técnico Neto Pajolla observa os atletas da categoria sub-20 e diz que alguns podem ser aproveitados no time profissional. O treinador também assistiu a jogos do Amador, mas descarta reforços do campeonato.

O clube vem usando sua página no Facebook como canal oficial para informar sobre os jogadores confirmados. Na rede social, o USC já divulgou seis nomes.

Os últimos que acertaram com o Colorado são os atacantes Tiago Cavalcante e Edinho. A dupla se destacou no Democrata de Governador Valadares em 2016, quando a Pantera conquistou o título do Módulo II.
 
Além deles, o Uberaba já fechou com o atacante Tuxa, ex-Noroeste de Bauru (SP); com o meia Diego Serra, com passagens por várias equipes do futebol nordestino; com o lateral-direito Rafael Compri, ex-URT de Patos; e com o lateral-esquerdo Bruno Campos, que estava no futebol português.

“Estou muito feliz, muito confiante. Junto com a diretoria, estamos procurando montar um elenco com novidades no mercado de Minas e também com alguns nomes de Minas que têm conquistas, sabem o que é acesso”, pontua o técnico Neto Pajolla.
 
Sub-20 e Amador
O treinador acompanhou dois jogos do USC no Regional sub-20 e diz que pode promover alguns atletas para o grupo profissional.

“Temos alguns nomes que por enquanto poderiam nos ajudar. É um campeonato difícil, de tiro curto, então os meninos que subirem têm que estar prontos caso precisem ser aproveitados”, comenta. Entre os jogadores que agradaram, estão o goleiro Caio, o lateral Jean, o zagueiro Lucão e o atacante Joilson. “Não é porque estão sendo citados que vão subir, tudo vai depender do dia a dia, da postura deles, para saber se vão poder compor o elenco e, quando precisar, responderem à altura”, explana.

Neto Pajolla também assistiu a partidas do Amadorão, mas não se interessou por nenhum dos jogadores que viu.

“Não vejo jogadores preparados para a competição e pro nosso objetivo, que é o acesso, e pro meu objetivo, que é o título. Não estamos olhando só a qualidade, mas também a característica do atleta. Estou procurando montar um time veloz na transição ofensiva-defensiva, e não vi ninguém que me passe essa segurança, não vi nos jogos atletas de frente que tenham essa postura de recompor a defesa”, afirma.

Seguindo na formação do elenco, o técnico procura jogadores que conheça ou referências para outras contratações. “Estamos trazendo alguns atletas com quem trabalhei, outros indicados por pessoas de confiança, do qual buscamos todo o histórico com treinadores que trabalharam com eles, para cometermos menos erros possíveis nas contratações. Agora é trabalhar para que o time pegue liga e consiga os objetivos”, conclui.
 
Foto: Facebook Neto Pajolla

Busca 

Parceiros 

anuncie

boxe minuto

boxe elo-engenharia

boxe gole

boxe bifao

boxe disk-canecas

Scroll to top