usc-boa-20-05 3
 
Na última partida do Uberaba Sport Club em seu primeiro século de história, o Colorado ficou no 0 x 0 com o Boa Esporte, na tarde deste sábado, no Uberabão, pela 10ª e última rodada do hexagonal final do Mineiro Módulo II.
 
 
Um jogo fraco e um resultado chato na despedida do USC, que só cumpria tabela, em clima melancólico. O time de Varginha, que já tinha conquistado o acesso, ficou com o vice na competição. O Patrocinense, que também já tinha subido, foi o campeão.
 
usc-boa-20-05 2

Em Patrocínio, o CAP goleou o Nacional de Muriaé em jogo de só 22 minutos. O NAC entrou com apenas nove jogadores, e antes da metade do primeiro tempo, três já tinham saído. Com o placar de 4 x 0, e a equipe visitante sem atletas suficientes, a partida foi encerrada, dando início à festa do clube grená. Quilder fez o terceiro gol e ficou isolado como artilheiro do Módulo II, com sete tentos no total - um a mais que Bruno Henrique, do USC; e Igor Soares, do Tupynambás.

Falando do Tupynambás, no outro jogo da rodada, o placar não saiu do zero no embate entre o Betinense e o time de Juiz de Fora, que terminou na lanterna do hexagonal.
 
No Uberabão, os torcedores gatos-pingados que compareceram se dedicaram a protestar e a pedir a entrada dos garotos da base. Só Gabriel Pelezinho entrou, fazendo sua estreia como profissional – e ainda metendo um chapéu.

A classificação final ficou assim: CAP com 21 pontos; Boa com 19; Betinense com 14; Nacional com 13; Uberaba com 9; e Tupynambás com 5.
 
usc-boa-20-05 1
 
Uberaba – Gilson; Zé Júnior (Barone), Lucas, Ricardo Lucena, Cleuber; Paulo Henrique, Kauê, Léo Torres (Hércules), Rudimar (Gabriel Pelezinho); Baianinho e Rodrigo Dias. Técnico: Gilmar Estevam
 
Boa – Luan; Josué, Brondani, Douglas (Alisson), Paulo Victor (Elivelton); Léo Lima, Radamés, Jean Henrique, Rodolfo (Anderson); Elvis e Danilo. Técnico: Julinho Camargo

Busca 

Parceiros 

boxe cidaderural

anuncie

uberabapopular

boxe facil

boxe uniarte

boxe disk-canecas

Scroll to top