Os paratletas uberabenses deram um verdadeiro show na etapa Regional Centro-Leste do Circuito Brasil de Atletismo e Natação, realizada no fim de semana, entre os dias 29 e 31, em Uberlândia. Competiram 12 atletas de Uberaba, ganhando nada menos que 36 medalhas, sendo 18 de ouro, dez de prata e oito de bronze.
 
circuito-regional-natacao-01-04-2019
João e Israel com o técnico Alexandre
 
Na natação, João Carlos e Israel, da Academia Acquatica, representaram a Sadevi (Sociedade de Amigos do Deficiente Visual), de BH, conquistando nove pódios. Para Israel, deficiente visual da classe S11, foram cinco: prata nos 400m livre e nos 100m costas, e bronze nos 50m livre, 100m livre e 100m borboleta. E para João, amputado da classe S9, mais quatro: ouro nos 400m livre, prata nos 100m livre e nos 100m costas e bronze nos 50m livre. O técnico Alexandre Max comemora os bons resultados, ressaltando a preparação árdua nos treinos.
 
Na pista, brilharam os dez atletas da Adefu (Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba), que disputaram no lançamento de dardo, lançamento de disco e arremesso de peso. Todos medalharam, somando 17 ouros, seis pratas e quatro bronzes, garantindo o quarto lugar na classificação geral e o troféu de melhor equipe de cadeirantes.
 
circuito-regional-atletismo-01-04-2019
Adefu foi a melhor equipe de cadeirantes
 
 
Quatro competidores faturaram ouro nas três modalidades: José Humberto, o Batata, da classe F54; Kenned, da F56; Marcos Paulo, da F52; e Poliana, da F54, foram campeões no dardo, disco e peso.
 
Walter, da classe F33, foi ouro no dardo e no peso e ainda prata no disco. João Luís, da F53, pegou ouro no disco e prata no dardo e no peso. José Maria, F34, alcançou ouro no disco e bronze no dardo e no peso. Everaldo, o Juninho, F55, ganhou ouro no disco e bronze no peso. Kathrein, F56, trouxe prata no peso e no disco e bronze no dardo. E Henrique, F55, levou prata no disco.
 
A delegação contou ainda com os técnicos Célio e Kelara e o diretor Gustavo. “Estou bem satisfeito, nessa etapa vi onde cada atleta deve melhorar, e no geral fiquei muito feliz com os resultados”, acentua o treinador Célio.
 
Classificados pelo ranking mundial, Kenned, Batata e Poliana preparam-se agora para a primeira etapa nacional do Circuito, de 7 a 9 de junho; e Batata e Poliana também para o Open Internacional, de 23 a 28 desse mês, com participantes do mundo todo. Os eventos acontecem no CT Paralímpico, em São Paulo-SP, e o Open pode render marca qualificatória para o Mundial em Dubai, nos Emirabes Árabes, em novembro.
 
Fotos: divulgação

Parceiros 

anuncie boxe

unimed-uberaba

dda

sancelo

alancarlos

Scroll to top