ame-hipismo-13-06-2019
 
A Associação Mineira de Equoterapia, sediada em Uberaba, promove neste domingo (16) a 1ª Prova Aberta da AME “Acreditar e Superar”. Serão 30 atletas, divididos em quatro categorias, no hipismo convencional e no paraequestre. A disputa acontece a partir de 8h30 na própria AME, que fica na Avenida Randolfo Borges Júnior, 1015, na Univerdecidade.
 
O principal objetivo da prova não é competir, conforme explica a coordenadora clínica da instituição, Simone Amalia. “Os atletas terão a oportunidade de vivenciar a sensação de uma competição, além de superar novos desafios. Mas o evento tem como objetivo a interação e descontração entre os atletas, sem avaliação. Todos receberão medalhas, não serão cobradas faltas”.
 
No hipismo paraequestre, participarão praticantes da AME e da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). São pacientes que, após passar pela reabilitação na equoterapia, conseguiram desenvolver autonomia para montarem sozinhos e passaram para o programa esportivo. Já o hipismo tradicional foi aberto ao público em geral.
 
As categorias
Serão quatro categorias, com cada atleta podendo disputar uma delas. No passo, o cavalo pode ser conduzido só nessa andadura. No passo/trote, o cavaleiro pode alternar entre as duas. No trote/vara ao chão, todo o percurso é feito no trote, com obstáculos no chão. E no trote/20 cm, pode variar entre o trote e o galope, saltando obstáculos mais altos que na categoria anterior.
 
Todos os cavalos receberão uma escarapela (um adorno de fitas dado como prêmio aos animais).
 
A equoterapia
A equoterapia é um método no qual o cavalo é utilizado como instrumento terapêutico, propiciando benefícios físicos, psicológicos, educacionais e sociais em pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais. O tratamento desenvolve o equilíbrio, estimula a coordenação motora e melhora a autoestima, autonomia e socialização.
 
A AME
Fundada em 1998, a Associação Mineira de Equoterapia funciona em Uberaba com uma equipe reduzida e diretoria voluntária. O time é formado por fisioterapeuta, equitador e psicólogo, além de auxiliares condutores, auxiliar administrativa e tratador.
 
A instituição atende 65 alunos por semana, pacientes a partir de 2 anos até idosos. É mantida com a colaboração voluntária dos praticantes e com convênio com a Prefeitura. No entanto, as contribuições não cobrem todos os gastos, por isso, são realizadas ações para arrecadar fundos, como pizzas solidárias, rifas e festa junina.
 
No domingo haverá praça de alimentação e almoço com feijoada. Toda a renda das inscrições e do evento será revertida para a AME. Mais informações pelo telefone 3312-6767.
 
Foto: divulgação/AME

Parceiros 

anuncie boxe

itaipava

unimed-uberaba

tremendao nova

dda

alancarlos

sancelo

river

golerefrigerantes

santaterezinha

fogaodaroca

tanaarea

dr-com

corintiano

Scroll to top