karate-mundialito-10-09-2019
Damião com a bandeira do Brasil: medalhas na Argentina
 
O uberabense Reginaldo Damião conquistou dois pódios no Mundialito de Karatê, na cidade de Alta Gracia, na Argentina, no último domingo (8). O atleta foi bronze por equipe e ouro no individual.
 
O título só foi confirmado fora dos tatames. Em decisão polêmica da arbitragem, Damião havia ficado com a prata. Após apelar à organização, ele recebeu, já no Brasil, na segunda-feira, a mensagem homologando o primeiro lugar.
 
Competindo na categoria adulto acima de 75 kg, no estilo kumite, o brasileiro fez cinco lutas e, na final, enfrentou um argentino. Vencia por 2 a 1 e, faltando dois segundos para o fim do combate, o adversário, que “jogava em casa”, saiu beneficiado com um empate controverso (ficando com a vitória, conforme a regra, por ter feito o primeiro ponto).
 
“Deram um ponto que não existiu e o empate era dele. Todos vaiaram, mostramos o vídeo, mas não voltaram atrás. Tipo, 45 minutos do segundo tempo, 0 x 0 entre Brasil e Argentina, o centroavante cai na área do Brasil sem ninguém encostar, marcam pênalti, e não aceitam ver o VAR”, comenta o carateca.
 
Após entrar com recurso, o uberabense foi decretado campeão pela comissão. “Foi feita justiça. Mostraram que teve má-fé, todo mundo viu. Fiquei com a consciência tranquila, alcancei o objetivo, que era ser campeão. Ficaram de me mandar a medalha de ouro, mas agradeci, não precisa, o que eu queria era justiça. Sou campeão, vida que segue”, explana o atleta.
 
É o sexto título de Damião em seis participações no individual no Mundialito. No open absoluto, na disputa coletiva, ele fez uma luta e ganhou, ajudando a equipe a faturar o bronze.
 
Agora o multicampeão retoma a rotina de treinamentos, preparando-se para a etapa final do Campeonato Brasileiro, em outubro, em Uberlândia.
 
Foto: acervo pessoal

Parceiros 

anuncie boxe

itaipava

unimed-uberaba

tremendao nova

dda

alancarlos

sancelo

river

santaterezinha

fogaodaroca

dr-com

corintiano

Scroll to top