karate-virtual-22-05-2020
Maria Luísa tem bons resultados no Kata
 
Em tempos de distanciamento social por causa da pandemia do coronavírus, os esportistas procuram se exercitar com treinos em casa. Mas tem competição rolando também. Não da maneira tradicional, mas sim virtual. O karatê é uma das modalidades que aderiu a disputas do tipo. E uma atleta de Uberaba vem se destacando nesse cenário.
 
Maria Luísa Alves Godoy, de 15 anos, vem participando de torneios on-line e obtendo bons resultados na sua modalidade, o Kata. No Interclubes, com concorrentes de vários estados, ela foi vice-campeã. No chamado Campeonato Virtual de Kata, realizado pela Associação Duda Dojo de Canápolis, ficou em quarto lugar. E no Campeonato Virtual promovido pelo Centro de Treinamento Lisita, de Uberaba, sagrou-se campeã.
 
A jovem explica que os atletas mandam os vídeos com seus katas (séries de movimentos) e no dia escolhido os árbitros, em lives, avaliam as apresentações e dão notas. Não há eliminatórias, é apenas uma rodada para definir as colocações, com os vídeos sendo repetidos quando dá empate nas notas.
 
Faixa laranja, a uberabense compete na categoria 12 a 15 anos até faixa verde. E aprova a iniciativa. “Para não ficarmos parados, criaram esses campeonatos. Acho muito bom, porque ficar sem treinar vai prejudicar muito o atleta, e os campeonatos ajudam a melhorar até o psicológico”, afirma.
 
Maria Luísa pratica karatê há três anos e já tem diversos pódios na carreira. Ela possui dois ouros no Mineiro e um em etapa regional (classificatória) do Brasileiro. Seu técnico é o diretor de arbitragem da Federação Mineira, João Lisita Neto.
 
Foto: Marilda Pereira

Parceiros 

anuncie boxe

dda

perfetto

sancelo

tanaarea

corintiano

Scroll to top