voleidepraia-rupia-brasileiro-03-08-2022 1
Rupia (d) em ação: entre as melhores
 
A uberabense Rupia Inck chegou às quartas-de-final do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Foi na sétima etapa, em Campo Grande-MS, realizada de quarta a domingo (27 a 31 de julho). É a segunda vez que ela e a parceira Ana Luiza, de Blumenau, vão tão longe no Aberto.
 
Em que pese a boa jornada, com quatro vitórias em seis jogos, os próximos passos de Rupia são incertos. Motivo: a insatisfação com as baixas premiações da competição.
 
Campanha
Na quarta-feira, a dupla venceu dois confrontos eliminatórios do quali. Então, na quinta, disputaram a fase de grupos, passando com uma vitória e uma derrota. No mesmo dia, jogaram as oitavas-de-final e ganharam, avançando às quartas. No sábado, acabaram perdendo para Carol Horta e Tory, que seriam bronze no fim.
 
voleidepraia-rupia-brasileiro-03-08-2022 2
Ponto: Rupia e Ana Luiza vibram
 
Rupia celebra a boa campanha e o bom momento com Ana Luiza. O entrosamento vai melhorando e as atuações também. A uberabense se mudou para Fortaleza para que as duas pudessem se preparar juntas.
 
“Treinar em Fortaleza está ajudando no entrosamento do time, com certeza. Foi nosso segundo 5° lugar, mas nessa etapa jogamos bem melhor”, comemora.
 
A próxima etapa do Brasileiro é justamente na capital cearense, entre 17 e 21 de agosto. Porém, a mineira não sabe se estará presente. O futuro dela no esporte é indefinido. Em que pese a boa fase em quadra, os baixos valores das premiações, causa de protestos das atletas da modalidade em outras ocasiões, deixa o destino da jogadora em aberto.
 
“A premiação é muito baixa. Não cobre as despesas. O vôlei de praia é puxado para o atleta profissional. Ficamos em 5º lugar, entre as melhores do Brasil, e não conseguimos nos manter. Temos que pagar técnico, preparador físico, aluguel, suplemento, alimentação, passagem, hospedagem”, comenta.
 
voleidepraia-rupia-brasileiro-03-08-2022 3
A uberabense no bloqueio
 
Ranking
No Circuito Brasileiro, oito duplas vêm do qualificatório (duas fases, em partidas eliminatórias), juntando-se às oito melhores ranqueadas para a fase de grupos. Nesta, são quatro grupos com quatro times cada, em duas rodadas.
 
Após a primeira rodada, as vencedoras se enfrentam, e as perdedoras também jogam entre si na segunda mão. As quatro duplas com duas vitórias vão direto às quartas-de-final. E os oito times com uma vitória e uma derrota se classificam para as oitavas. A partir daí, é mata-mata até a final.
 
Com a campanha em Campo Grande, Rupia e Ana Luiza somam 380 pontos e se mantém entre as 20 melhores do ranking nacional, entre mais de 100 duplas.
 
Fotos: Wander Roberto (1 e 3) e Karine Matos (2)

Parceiros 

cmu-ação
 
anuncie boxe-ok

sancelo
 
dda
 
river2022
 
sm
 
perfetto
 
radio10

ckfitness

corintiano
Scroll to top