Publicado originalmente em 15/12/2012
 
O Triângulo Mineiro é o campeão da categoria Mirim da Liga Uberabense de Futebol. No jogo de volta da final do certame, na tarde deste sábado, no CT Toca do Lobo, a equipe comemorou a conquista do título com um empate por 3 x 3 com o Santa Marta - resultado mais que suficiente, já que na primeira partida da decisão o clube estreante em competições da LUF tinha vencido por 4 x 1.

A finalíssima encerrou a temporada 2012 do futebol amador com chave de ouro. Sem força de expressão: foi um jogão de bola, com viradas, belas jogadas, muita emoção e, além dos seis gols, outras tantas chances das duas partes.
 
mirim2012-final-volta-tri-sm-03-06-2020 1
A festa dos atletas do Triângulo campeão
 
O jogo – O Triângulo entrou com o conforto que alcançou no jogo de ida. E a vantagem aumentou ainda mais logo no começo, aos 10 minutos. No corner, Lucas cabeceou e a bola passou por baixo das pernas de João Victor, que ainda puxou a redonda, mas ela já tinha cruzado a linha.
 
O Santa Marta ficava em situação ainda mais complicada, mas não esmoreceu. Paulo José, batendo falta de longe, carimbou o travessão. Aos 19, o empate. Mesmo acossado pela marcação, Jardel conseguiu finalizar, acertando a trave. No rebote, Paulinho mandou pra dentro.
 
Dois minutinhos depois, vira-vira. Jardel arriscou de fora da área, conclusão rasteirinha, e a bola entrou no cantinho de Dênis, que chegou atrasado.
 
mirim2012-final-volta-tri-sm-03-06-2020 2
Santa Marta (vice, acima) e Triângulo (campeão, abaixo)
 
No segundo tempo, a partida continuou eletrizante. Aos 4 minutos, Breno, que tinha acabado de entrar, empatou. O camisa 19, em sua primeira jogada, ganhou disputa na lateral, ainda na intermediária, avançou, tabelou e, já dentro da área, encheu o pé: 2 x 2.
 
No ataque seguinte, a segunda virada. Saldanha cortou o adversário e foi calçado. Pênalti. Paulo Augusto bateu forte no canto direito de João Victor, que saltou certo, mas não conseguiu defender.

Era lá e cá. Aos 8, Paulinho parou no goleiro e, na sobra, Jardel bateu e o zagueiro Paulo Felipe afastou, realizando uma verdadeira defesa. No mesmo minuto, Paulinho, de cabeça, fez seu segundo gol no jogo: 3 x 3.

A partir daí, show dos goleiros. Dênis evitou gols que pareciam certos em tentativas de Jardel e Paulinho. João Victor fez milagres mostrando muito reflexo e também arrojo nas saídas de gol.

O placar final foi mesmo 3 x 3. Empate também na emocionante disputa pela artilharia. Três jogadores terminaram com 14 tentos cada: Paulinho e Jardel, do Santa Marta; e Paulo Augusto, do TM. Já o troféu de goleiro menos vazado ficou com Dênis, do Triângulo.

Parceiros 

anuncie boxe

dda

perfetto

sancelo

tanaarea

corintiano

Scroll to top