junior2010-final-iac-nac-02-07-2020 1
Atletas do IAC com o troféu de campeão
 
O Independente conquistou o Campeonato Junior de 2010. Na final contra o Nacional, em dois jogos no Uberabão, o clube cadete venceu o duelo de ida por um incomum 6 x 3 e, na volta, mesmo derrotado por 3 x 2, festejou o título.
 
Goleada - Na eletrizante primeira partida da decisão, o IAC abriu 2 a 0. Aos 23 minutos, Frederico arriscou de fora da área, o goleiro bateu roupa e Robson, o Eto´o, só conferiu. Dez minutos depois, Marco Túlio, o Espanhol, aumentou a vantagem após receber livre dentro da área e tocar no canto.
 
O Naça quase diminuiu com Chitão, mas o goleiro e a trave impediram. O time só descontou mesmo aos 44, com Obina, que da esquerda soltou uma bomba no ângulo.
 
No segundo tempo, aproveitando falhas individuais da defesa adversária, o Independente construiu a goleada. Nos primeiros minutos da etapa, quatro gols. Logo aos 30 segundos, Eto´o fez mais um. Obina descontou um minuto depois. Mas Frederico marcou dois em seguida, aos 3 e 4 minutos, fazendo 5 a 2.
 
Ricardinho reduziu aos 8, depois da jogada com Chitão e Obina. Mas o IAC ainda anotou mais um, aos 31, com Bruno, que recebeu de Mateus e mandou rasteiro no canto, fechando a conta.
 
junior2010-final-iac-nac-02-07-2020 2
Nacional, vice-campeão
 
Naça vence, IAC comemora - No segundo confronto, o Naça, que precisava golear, começou pressionando. O primeiro tempo foi só da equipe de JK. Em dois arremates de longe, o goleiro Vitor Hugo salvou o quadro azul.
 
Mas, aos 19 minutos, não deu pro arqueiro. O camisa 10 Ricardinho descolou um lindo passe pra Obina, que escapou por trás da zaga e saiu na cara do gol, batendo como artilheiro tem que fazer: chute cruzado, abrindo o placar.
 
O Nacional queria mais e, aos 30, ampliou. Na cobrança de falta, o lateral Éder levantou na área, a bola passou por todo mundo, menos por Obina, que, de peito, empurrou para o barbante: 2 a 0.
 
Faltou pouco para o terceiro gol alvinegro ainda na primeira etapa. Na cabeçada pra baixo de Ricardinho, Vitor Hugo salvou de novo.
 
No intervalo, nenhuma substituição, mas o Independente era outro no segundo tempo. E logo no primeiro minuto o clube do bairro Estados Unidos descontou. Bruno alçou, ninguém cortou e, no segundo pau, Eto´o abaixou para cabecear.
 
junior2010-final-iac-nac-02-07-2020 3
Independente, campeão
 
No embalo, o time celeste empatou apenas quatro minutos depois. Frederico, em boa jogada pela direita, chutou forte, cruzado, rasteiro. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.
 
A igualdade no placar deixou a equipe cadete mais tranquila em campo. Mas o Elefante não se entregou e, aos 14, ficou em vantagem de novo. Na direita, Ricardinho cobrou falta direto pro gol e fez um golaço, acertando o ângulo.
 
O Naça foi pro tudo ou nada e o zagueiro Edilson quase marcou aos 24. Depois do corner, ele pegou a sobra e bateu forte, mas a defesa azul tirou em cima da linha.
 
Nos minutos finais, o Nacional apertou, mas o IAC controlou as ações e, com o apito derradeiro, comemorou o título!
 
Premiações - Matheus, do Santa Marta, foi o goleiro menos vazado do Junior. Ele sofreu apenas seis gols. Já Obina, com os dois gols deste domingo, desempatou a disputa com Edgar, do Independente, que não jogou a finalíssima. O atacante alvinegro chegou aos 18 gols, dois a mais que o concorrente, e levou mais um troféu de artilheiro pra casa.

Parceiros 

anuncie boxe-ok
 
wruniformes
 
tremendao-ok
 
imperialbrindes-ok

sancelo
 
golé-ok
 
perfetto

corintiano
Scroll to top