Greve no Colorado? Os jogadores do Uberaba Sport Club não treinaram na tarde desta terça-feira (12). A paralisação foi um protesto por atraso no pagamento dos salários. Segundo soprada, apenas metade dos vencimentos teria sido repassada.
 
O presidente do clube gestor do clube, Luiz Medina, declara que falta uma parte menor e que o acerto deve ser feito ainda nesta quarta-feira (13).
 
No fim da tarde de terça, a reportagem do REPLAY tentou esclarecer a situação, mas não conseguiu contato com Medina. O diretor Djair Barranco atendeu a ligação, porém, disse que não poderia falar naquele momento. Já nesta terça, logo no início da manhã, o presidente do G-5, por telefone, afirmou que o pagamento vai sair.
 
“Falta uma parte menor, de 10 a 15 por cento a ser paga. Atrasaram alguns contratos de patrocinadores, janeiro é um mês atípico; mas toda a verba para todo o campeonato já está garantida. Devemos pagar esse restante até o fim da tarde de hoje”, explana.
 
O dirigente não sabe quem “puxou” o movimento de greve, que foi aderido por todo o elenco. “Não sabemos, mas vamos descobrir, e os atletas têm que voltar ao trabalho. Na hora de contratar, todos fazem boas indicações, para empregar o cara. Houve um erro de nossa parte, mas não era para tanto. Mas foi até bom para saber quem realmente está vestindo a camisa”.
 
Na programação semanal divulgada, o plantel do USC tem treino na tarde desta quarta e viaja na quinta pela manhã para Teófilo Otoni, onde joga contra o América no sábado, pela segunda rodada do Módulo II do Mineiro.

Parceiros 

anuncie boxe

dda

river

shouri

sancelo

alancarlos

Scroll to top