Após o empate por 2 a 2 com o Batatais, no último sábado, o técnico Wantuil Rodrigues destacou a capacidade de reação do USC. Por duas vezes, o Zebu esteve atrás no placar, mas conseguiu o empate no Uberabão. Como nos outros amistosos, o treinador voltou a dizer que, nos testes da pré-temporada, o resultado não é o mais importante.

“O time mostrou evolução, teve a dificuldade de tomar o gol em casa e conseguir o empate. Nossa equipe ganha moral, em um jogo contra uma equipe muito boa, muito bem treinada, com situações muito difíceis, chuva, campo pesado, esforço, cansaço. O placar não é importante no momento, volto a dizer, e sim as situações que acontecem. O time mostrou que tem capacidade de superação, claro que no campeonato não vou poder mexer o número de vezes que mexi, mas mostramos que temos um grupo homogêneo”, explana Wantuil.

O técnico comemorou também a melhora no ataque do Colorado, que, além dos dois gols, criou várias chances, tendo mais dois gols anulados e perdendo um pênalti. “Os trabalhos táticos da semana foram respondidos. Fizemos uma transição mais rápida e conseguimos várias situações de gol”.

O treinador alvirrubro ainda exaltou a atuação de Douglas Eskilo, autor do tento que decretou o empate no fim. “Ele fez um jogo daquele Eskilo que conhecemos, tanto de meia-atacante como de atacante falso”, observa.

Na programação da semana, o elenco do Uberaba treina em dois períodos na segunda, terça e quinta, e, na quarta, na parte da tarde, sempre no CT Colorado. Na sexta à tarde, tem coletivo marcado para o Uberabão. Por ora, não há mais amistosos marcados, mas o gerente de futebol Marcelo Gerolamo tenta agendar outros, antes da estreia no Mineiro Módulo II, no dia 18 de fevereiro.

Parceiros 

anuncie boxe

unimed-uberaba

dda

shouri

sancelo

alancarlos

golerefrigerantes

Scroll to top